Esperar! Oferta especial!

Obtenha o CactusVPN por $2.7/mês!

Economize 72% agora
Garantia de reembolso em até 30 dias

Usar uma VPN deixa a internet mais lenta – verdadeiro ou falso? Velocidade da VPN explicada

Já se perguntou se uma VPN deixa as velocidades da internet mais lentas? É um tópico bastante popular – na verdade, muitas pessoas gostam de dizer que VPNs ou deixam a internet mais lenta ou mais rápida

Bem, existem muitas coisas que você precisa considerar ao pensar sobre a velocidade da VPN – e vamos falar mais sobre elas neste guia aprofundado. Também vamos dizer a você quais testes de velocidade da VPN você pode usar para ver como estão suas conexões.

Uma VPN deixa a internet mais lenta?

Sim e não – tudo depende das suas circunstâncias. Você pode rodar uma VPN e não notar nenhuma queda na velocidade da internet, ou pode conectar-se a uma VPN e rapidamente notar como suas velocidades estão tendo problemas. 

Em geral, é melhor esperar variações nas velocidades da internet quando usar uma VPN. Mas você não deve esperar que a sua velocidade caia instantaneamente. Em geral, é provável que haja uma queda nas velocidades online que você pode nem notar.

Por que uma VPN deixa a conexão mais lenta?

Em geral, existem sete fatores que você deve levar em consideração quando uma VPN deixa sua internet mais lenta:

1. A localização do servidor

A distância física entre você e o provedor da VPN tende a ter uma imensa influência na velocidade de VPN você obtém. Por quê? Porque leva mais tempo para os pacotes de dados viajarem entre você e o servidor da VPN.

Dito de maneira simples, quanto mais distante geograficamente você estiver localizado do servidor da VPN, mais provável que sua velocidade fique um pouco mais lenta.

2. Limitações de banda larga do servidor

Se o servidor da VPN que você usa tem limitações de banda larga, suas velocidades podem diminuir quando você ultrapassa sua cota de sua banda larga ou quando o servidor está sobrecarregado.

Além disso, vale mencionar que o próprio servidor da VPN tem um impacto direto na velocidade da sua rede. Quanto melhor a qualidade do servidor, mais rápido ele pode processar coisas como criptografia e tráfego web, então, melhores serão suas velocidades.

3. O tipo de criptografia

Dependendo da força da criptografia do protocolo de VPN que você usa, ela potencialmente pode fazer a velocidade cair um pouco. Tenha em mente que isso só acontece às vezes e, outras vezes, não acontece de jeito nenhum.

Encryption

Como regra geral, o protocolo do OpenVPN é provavelmente o que mais vai causar essa diminuição, enquanto o PPTP é o mais rápido. Mas o PPTP também é o protocolo mais arriscado, porque carece de uma criptografia confiável.

Geralmente, um bom meio termo são os protocolos IKEv2, L2TP/IPSec ou SoftEther.

4. Interferências do Firewall

Normalmente, firewalls não impactam a velocidade da VPN, mas podem atrapalhar se estiverem configurados para interferir com o tráfego da VPN ou com o desempenho de sua CPU.

Enquanto estamos falando sobre isso, devemos mencionar também que a potência da sua CPU também pode influenciar a velocidade de sua VPN. Se você tem um modelo muito antigo, a velocidade de sua VPN pode ser prejudicada porque a CPU tem mais dificuldade em trabalhar no processo de criptografia/descriptografia, assim como lidar com os processos da VPN.

5. A configuração da sua rede

De acordo com alguns artigos e usuários online, há uma chance de você ter velocidades de VPN melhores se usar um roteador com um cabo LAM e se conectar diretamente a ele ao invés de usar o Wi-Fi. Pelo que podemos dizer, os resultados variam, então, considere isso um fator que pode impactar a velocidade de sua VPN, mas não necessariamente.

6. Algoritmos de Roteamento da VPN

Como sua VPN direciona sua conexão entre vários servidores, e a maneira pelas quais ela direciona seus dados online também pode ter um impacto na velocidade de sua VPN.

Geralmente, VPNs gratuitas tendem a confiar em algoritmos de menor qualidade, então, provavelmente você terá uma velocidade mais baixa ao usá-las.

7. A velocidade da sua própria conexão

No fim das contas, se a conexão original do seu provedor é lenta, é praticamente garantido que você terá a mesma lentidão ao usar uma VPN. Não há muito que você possa fazer nesse caso, a não ser obter um plano de conexão melhor junto ao seu provedor, ou trocar de provedor, se não há opções mais rápidas disponíveis.

O quanto a VPN deixa a conexão mais lenta?

Indicar exatamente o quanto uma VPN deixa a velocidade da internet mais lenta é bem difícil. O melhor que podemos fazer é fazer uma média com base num teste de velocidade simples para VPNs.

Para isso, vamos usar a plataforma Ookla’s SpeedTest.net e um Macbook Pro com uma conexão de 100 Mbps fornecida por um provedor de Bucareste, na Romênia.

Uma rápida consideração sobre o Ookla’s SpeedTest.net antes de começarmos – na verdade, você pode escolher qual servidor quer usar para testar a velocidade da VPN. Portanto, os resultados que obtém na verdade variam dependendo do servidor que você escolher (algo que nós também vamos demonstrar com nossos próprios testes). Para começar, vamos escolher um servidor SpeedTest.net de Bucareste (de modo que fica na mesma cidade que nós).

Resultados do SpeedTest.net sem uma VPN

SpeedTest.net Results Without a VPN

Como você pode ver, as coisas foram muito bem. Não obtivemos exatamente 100 Mbps de download/upload, mas uma pequena variação é esperada.

Resultados do SpeedTest.net com diferentes protocolos de VPN

Vamos começar testando quais velocidades de VPN obtemos quando usamos vários protocolos de VPN para nos conectar à web. Vamos experimentar o IKEv2 e o OpenVPN (TCP e UDP).

IKEv2 | Servidor de VPN de Bucareste

IKEv2 | Bucharest VPN Server

Aqui, está tudo bem – não perdemos muita velocidade de download e upload. Em geral, a velocidade da VPN só caiu cerca de 10%.

OpenVPN (UDP) | Servidor de VPN de Bucareste

OpenVPN (UDP) | Bucharest VPN Server

Ainda que o OpenVPN tenha uma proteção bem “pesada”, se você usar o OpenVPN UDP, provavelmente terá velocidades mais rápidas que com o TCP. Só observamos uma queda de cerca de 13% na velocidade da conexão.

OpenVPN (TCP) | Servidor de VPN de Bucareste

OpenVPN (TCP) | Bucharest VPN Server

Com o OpenVPN TCP, a queda na velocidade da VPN é maior. Estimamos que esse protocolo tenha causado uma queda de cerca de 30% na nossa velocidade online. 

Resultados do SpeedTest.net com diferentes localizações de servidores de VPN

Agora, vamos dar uma olhada no quanto uma VPN deixa a conexão mais lenta dependendo de distâncias geográficas. Vamos trocar para nossos servidores de Londres e Montreal (novamente, nossa localização é Bucareste para este teste).

IKEv2 | Servidor de VPN de Londres

IKEv2 | London VPN Server

Trocar para a localização do servidor da VPN em Londres causou um efeito muito grande. Ainda que estejamos usando o protocolo IKEv2, que normalmente é rápido, ainda notamos uma queda de cerca de 40% nas velocidades de conexão, por causa da distância.

IKEv2 | Servidor de VPN de Montreal

IKEv2 | Montreal VPN Server | Different SpeedTest.net Server

Trocar para um servidor de VPN localizado em outro continente diminuiu nossas velocidades ainda mais – em cerca de 60%, para ser exato.

Resultados do SpeedTest.net com um servidor SpeedTest.net diferente

IKEv2 | Servidor de VPN de Montreal | Servidor SpeedTest.net diferente

IKEv2 | Montreal VPN Server

Desta vez, estamos usando o mesmo protocolo IKEv2 e o servidor VPN de Montreal, mas também vamos trocar para um SpeedTest.net de Montreal. A diferença é imediatamente óbvia – o ping é duas vezes menor que nossa combinação de servidores VPN IKEv2/Montreal/servidor SpeedTest.net de Bucareste. Além disso, a velocidade de upload é quase duas vezes mais rápida.

IKEv2 | Sem uma VPN | Servidor SpeedTest.net de Montreal

IKEv2 | Without a VPN | Montreal SpeedTest.net Server

Também decidimos realizar um teste sem conexão VPN e um servidor SpeedTest.net que fica distante de nós. Como você pode ver, não mudou muita coisa em comparação com os resultados acima – só a velocidade de download caiu um pouco.

O que isso significa? Que, às vezes, a velocidade de sua VPN pode ser apenas parcialmente afetada pela VPN em si, já que também depende da distância que o servidor da ferramenta de teste de velocidade fica de sua própria localização.

Conclusão do teste de velocidade da VPN

De acordo com o que descobrimos, pode-se dizer que é possível uma VPN deixar sua conexão entre 10% e 30% mais lenta se você usar um servidor VPN próximo a você, e entre 40% e 60% mais lenta se escolher um servidor VPN bem distante. Também, dependendo do protocolo de VPN que você usa, pode ver uma queda na velocidade de entre 10% e 30%.

Obviamente, você pode ver diferentes valores em seus próprios testes. Além disso, por favor, tenha em mente que nem todos os testes de velocidade de VPN incluem uma opção de escolher entre um servidor diferente, como o SpeedTest.Net permite. E, mais importante que tudo, às vezes os resultados que você obtém podem ser muito influenciados pelo servidor usado pelo teste de velocidade que você estiver usando.

Como testar a velocidade da VPN imediatamente

A melhor forma de testar as velocidades da VPN é usando ferramentas de teste de velocidade para registrar seu ping, velocidades de download e upload com e sem uma conexão VPN. Recomendamos realizar vários testes, já que as velocidades podem variar tanto quando você estiver usando uma VPN quanto quando você não estiver, e conferir a velocidade da VPN com diferentes protocolos, localizações de servidor e servidores de ferramentas de teste de velocidade (se possível). 

Esta é uma lista de sites de teste de velocidade de VPN que você pode usar para isso:

Em geral, se você notar uma grande queda nas velocidades de download, deve tentar trocar entre servidores (ou algum dos conselhos que daremos abaixo).

Existe alguma maneira de aumentar a velocidade da VPN?

Sim, existe. Na verdade, você não precisa se preocupar quando uma VPN deixa a internet mais lenta se seguir estas dicas:

  • Escolha uma VPN que não limite a banda larga.
  • Sempre tente se conectar ao servidor VPN mais próximo de você (se estiver em seu próprio país, melhor).
  • Confira se seu firewall ou antivírus/programa anti-malware não interfere com a VPN. Ou simplesmente desligue o firewall.
  • Experimente usar um protocolo de VPN com uma criptografia menos poderosa (como o PPTP) se você está determinado a melhorar a velocidade da VPN.
    ALERTA: Só faça isso se você sabe com certeza que seus dados não estarão em risco – o PPTP não é tão seguro quanto outros protocolos. Se você não pode correr o risco, use o OpenVPN UDP ao invés do OpenVPN TCP, que é mais rápido.
  • Pause ou desligue aplicativos ou aparelhos que estejam usando seu roteador e você não esteja usando (como uma chaleira elétrica).
  • Se possível, tente usar uma conexão por fio ao invés de sem fio. Provavelmente, você terá uma VPN mais rápida porque há menos contenção de banda larga desse modo.
  • Experimente reiniciar seu modem ou roteador. Às vezes, vazamentos de memória podem deixar as velocidades online mais lentas, e reiniciar resolve isso.

Também, se você executa uma VPN em um roteador, experimente usar a VPN diretamente em seu aparelho (se for possível, é claro). Você também pode experimentar reiniciar seus aparelhos para ver se isso aumenta a velocidade da sua VPN.

Em geral, se você notar uma queda muito grande nas velocidades de download, pode tentar trocar de servidor (ou alguns dos conselhos que daremos abaixo).

Uma VPN pode oferecer uma velocidade melhor?

Apesar de uma VPN realmente não ser projetada para oferecer conexões mais velozes, existem duas situações quando usar uma VPN pode melhorar sua velocidade:

1. Limitação de banda larga

Caso você não saiba, a limitação da largura de banda é quando provedores limitam intencionalmente a banda larga do usuário – basicamente reduzindo suas velocidades de conexão.

Bandwidth

Os provedores afirmam que precisam fazer isso para diminuir a congestão da rede nos horários de pico e poder oferecer a todos os usuários uma boa experiência. Isso pode ser verdade em algumas situações, mas muitas vezes os provedores limitam a banda larga dos usuários para pressioná-los a fazer o upgrade para uma assinatura ou plano mais caro.

A limitação de banda larga geralmente não ocorre diariamente, mas pode ocorrer toda semana ou todo mês, então, ainda é perceptível. Provavelmente, você será vítima dessa limitação se assiste a vídeos em plataformas de streaming constantemente, joga muito online ou baixa arquivos grandes com frequência. 

Não esqueça – seu provedor pode ver tudo o que você faz online, de modo que pode adicionar marcações em suas atividades e decidir quando precisam limitar sua banda larga com base nelas. 

Mas se você usa uma VPN, seu tráfego é criptografado, então, seu provedor não pode monitorar o que você faz online.

Então, nessa situação, é provável que você obtenha velocidades melhores se usar uma VPN.

2. Direcionamento descuidado do provedor

Se seu provedor não direciona seu tráfego corretamente, você pode notar velocidades mais lentas. Basicamente, quanto mais longo e ineficiente o direcionamento de tráfego, mais perceptível a queda na velocidade.

Um direcionamento ineficiente do tráfego pode ocorrer por várias razões, mas o resultado final é o mesmo – você termina tendo que se acostumar com uma experiência online abaixo da média.

Felizmente, se essa for a situação, uma VPN pode ajudar você ao esconder o ponto original de seu tráfego online e seu destino.

Já que seu provedor não pode ver de onde seu tráfego está vindo e aonde está indo, é provável que eles usem um caminho de direcionamento diferente, que pode ser menos eficaz.

É claro que isso é mais uma especulação – não uma garantia. No entanto, é o tipo de situação na qual você pode definitivamente dizer que poderia ter velocidades melhores se usasse uma VPN.

Você procura uma VPN estável e com boa velocidade?

Entendemos você – nós aqui da CactusVPN só oferecemos acesso a servidores de alta velocidade de 1Gbps que estejam localizados em centros de dados respeitáveis, seguros e confiáveis ao redor do mundo. Todos os nossos servidores oferecem banda larga ilimitada, então, você não precisa se preocupar com limitações de banda larga arruinando sua experiência online. 

CactusVPN app

Também configuramos todos os nossos servidores com cuidado para garantir que eles direcionem seu tráfego corretamente, e damos a você a opção de trocar entre 6 protocolos de VPN (incluindo o SoftEther, L2TP/IPSec, OpenVPN UDP/TCP, IKEv2 e PPTP), de modo que você possa fazer ajustes na velocidade de sua VPN como achar melhor.

Além disso, nossos clientes são fáceis de usar, compatíveis com uma variedade de plataformas e até deixam você classificar servidores de VPN por velocidade se você quiser descobrir rapidamente qual o servidor com a melhor velocidade.

Oferta especial! Obtenha o CactusVPN por $ 2.7 / mês!

E assim que você se tornar um cliente CactusVPN, ainda teremos sua garantia de devolução do dinheiro por 30 dias.

Economize 72% agora

Conclusão – Uma VPN deixa a internet mais lenta, mas só às vezes

Dependendo de vários fatores (como a distância que o servidor da VPN está de você, qual protocolo de VPN você usa, da potência da sua CPU, como a VPN direciona o seu tráfego – só para citar alguns), é possível que uma VPN deixe a conexão mais lenta para alguns usuários.

Mas, felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer (como escolher um servidor mais próximo de você, usar uma conexão via cabo, desativar seu firewall etc.) para aumentar a velocidade da sua VPN. Você pode até usar várias ferramentas de teste para ver se está tendo ou não um aumento da velocidade.

Em geral, desde que você siga alguns dos conselhos mencionados neste guia, e escolha uma VPN confiável também, não terá que ficar se perguntando “Uma VPN vai deixar minha internet mais lenta sempre que eu estiver online?”

Postado em em VPN
Tim escreve profissionalmente há mais de quatro anos e produz conteúdo específico sobre VPN, privacidade online e cibersegurança há mais de dois anos. Ele gosta de saber as últimas novidades sobre privacidade na internet, e de ajudar as pessoas a encontrarem novas formas de proteger seus direitos online.