Esperar! Oferta especial!

Obtenha o CactusVPN por $2.7/mês!

Economize 72% agora
Garantia de reembolso em até 30 dias

Sua VPN não está funcionando? Aqui estão algumas dicas úteis para solucionar problemas

VPN Not Working

Sua VPN não está funcionando? Você receia que não poderá mais proteger sua privacidade online e contornar restrições injustas?

Sem problemas – confira uma lista de dicas que podem ajudar você a resolver os problemas que está encontrando.

VPN sem funcionar – os 4 problemas mais comuns

Se você não está conseguindo usar sua VPN, geralmente é porque está tendo um destes problemas muito comuns:

Com isso em mente, aqui está uma visão geral clara do que você pode fazer para solucionar cada tipo de problema:

1. Dicas para resolver baixas velocidades da VPN

Não vamos mencionar dicas tipo fazer o upgrade de sua banda larga ou CPU, já que esses não são conselhos realmente práticos. É claro que, se nenhuma destas dicas funcionar para você, será preciso fazer isso.

E no caso de que você querer saber mais sobre a velocidade da VPN antes de continuar, fique à vontade para conferir nosso guia.

Troque por uma VPN diferente

Muitos usuários de VPN não percebem isso, mas a distância física entre você e a VPN pode impactar a velocidade de sua conexão.

Por quê? Porque quanto mais longe você está de um servidor VPN, mais tempo leva para os pacotes de dados viajarem entre seu aparelho e o servidor, resultando em menores velocidades. 

O ideal seria se conectar a um servidor VPN próximo a você, como um localizado em um país vizinho.

Use um protocolo de VPN mais rápido

Alguns protocolos são mais leves, enquanto outros consomem muitos recursos. Se você estiver tendo problemas com a velocidade da VPN, experimente evitar protocolos “pesados”, como o OpenVPN e o SSTP.

Ao invés, troque para protocolos mais rápidos e leves, como o IKEv2, L2TP/IPSec e o SoftEther, se possível. O PPTP também é uma opção, já que oferece velocidades muito altas, mas não o recomendamos porque ele não oferece segurança adequada.

Em geral, o IKEv2 e o SoftEther são ótimas opções se você precisa de protocolos que oferecem velocidades boas e uniformes, juntamente com segurança de ponta.

Use o UDP ao invés do TCP

Essa é uma boa solução se você insistir em usar o OpenVPN, ou se seu provedor só oferece o protocolo OpenVPN. Apesar do TCP ser o padrão para conexões online por causa de seus recursos de correção de erros, ele tende a ser mais lento que o UDP.

Já que o UDP não inclui a correção de erros, quaisquer dados que passam pelo protocolo levam menos tempo para chegar ao seu destino.

Mudar a porta da rede

Quando o seu aparelho se conecta a um servidor VPN e se comunica com ele, utiliza uma porta de rede. Clientes de VPN normalmente lhe permitirão escolher qual porta a conexão vai usar – pelo menos para certos protocolos de VPN.

Há uma chance que o servidor da VPN não esteja se comunicando bem com seu aparelho através da porta que você está usando. Outra alternativa é que seu provedor pode deixar qualquer tráfego que passa pela dita porta mais lento – geralmente porque eles querem limitar sua banda larga.

Então, experimente trocar entre diferentes portas para ver se consegue velocidades melhores.

Adicione exceções a seu programa de segurança

Às vezes, seu antivírus/antimalware ou firewall podem interferir na sua VPN, causando lentidão. Isso geralmente acontece porque eles analisam de perto cada pacote de dados que você envia para e recebe do servidor VPN, o que leva tempo e consome recursos.

O ideal seria adicionar o cliente de VPN como uma exceção em seu programa de segurança ao invés de desabilitá-lo diretamente. Assim, você ainda terá uma forma de se proteger de vírus e malware.

Por fim, escolha uma VPN mais rápida

Se sua VPN obriga você a respeitar limites de banda larga, usa servidores lentos para economizar dinheiro, só oferece protocolos que usam muitos recursos, como o OpenVPN e o SSTP, ou não direciona seu tráfego corretamente, suas velocidades vão diminuir.

Nesse caso, sua melhor aposta é simplesmente trocar por um provedor diferente – de preferência um que ofereça banda larga ilimitada, servidores rápidos (como velocidades de 1 Gbps), e protocolos otimizados para velocidade, como o IKEv2 e o SoftEther.

2. Como lidar com clientes de VPN que travam constantemente

Em um momento ou outro, todo programa trava. Se sua VPN trava de vez em quando, isso não é um grande problema. Pode ser um erro do sistema que pode não acontecer novamente.

Mas se sua VPN trava constantemente, não pode ignorar esse problema.

Atualize sua VPN

Às vezes, VPNs podem apresentar bugs ou erros de código que fazem com que elas travem constantemente. Geralmente, os desenvolvedores resolvem esse problema com uma atualização do cliente.

Então, você precisa garantir que tem a versão mais recente do cliente de VPN. Caso contrário, normalmente você receberá uma notificação para atualizar para a versão mais recente toda vez que se logar na sua conta. Seja uma mensagem pop-up ou outro tipo de notificação, não deixe de fazer a atualização.

Reinicie seu aparelho

Isso pode não parecer muita coisa, mas pode realmente funcionar para algumas pessoas – especialmente se você acabou de instalar ou atualizar a VPN. Existe uma chance do seu sistema operacional não ter processado corretamente todas essas mudanças, e só precisa de um reboot.

Feche programas que não estiver usando

Alguns programas podem meio que colidir com a VPN, mas geralmente não é porque eles são feitos para isso. 

Se você tem um computador mais antigo, uma CPU fraca ou não possui memória RAM suficiente, é muito provável que rodar vários programas junto com a VPN vai consumir memória e recursos demais.

Se for o caso, seu sistema operacional provavelmente vai derrubar a VPN. Ou a VPN pode simplesmente travar porque não há memória suficiente para rodar da maneira adequada.

Seja qual for o caso, garanta que você está apenas rodando a VPN.

Reinstale sua VPN

Se nenhuma das soluções anteriores funcionar para você, experimente reinstalar a VPN. Mas não simplesmente apertando o botão reinstalar.

Ao invés, remova todos os traços dela em seu aparelho, baixe o assistente de instalação e realize todo o processo de instalação novamente.

Quem sabe, talvez tenha havido um erro durante o processo de instalação anterior que bagunçou o programa.

3. Soluções se você não conseguir se conectar à VPN

Se você simplesmente não consegue se conectar com sucesso à VPN, existem algumas coisas que podem ser feitas para solucionar o problema:

Assegure que você tem acesso à internet

Sabemos que parece redundante, mas sempre há uma chance de que você não tenha acesso à internet quando tenta se conectar a uma VPN. 

A maneira mais simples de conferir se isso é um problema é simplesmente acessar uma página na web aleatória em seu navegador. Se não conseguir se conectar, há um problema com sua conexão – e isso obviamente afetará sua habilidade de usar uma VPN.

Se esse for o caso, experimente desligar seu roteador por 30 segundos, e religá-lo. Outra opção é reiniciá-lo, ou tentar usar um servidor DNS diferente (como o Google Public DNS).

Se isso não funcionar, entre em contato com seu provedor.

Confira suas credenciais de login

Normalmente, você receberá uma notificação dizendo que digitou o nome de usuário e senha errados quando tentou se logar, então isso não deve realmente ser um problema.

Mas se você roda uma VPN num roteador, e se suas informações de login foram recentemente alteradas por você ou pela sua VPN, você pode não conseguir se conectar à VPN se não atualizou o nome de usuário e a senha em seu roteador também.

Além disso, se é o seu provedor de VPN que configura suas credenciais de login e os atualiza para você, sua conexão pode não funcionar se eles mudarem os dados de repente, enquanto você se logava à VPN. 

Se for o caso, é só reiniciar o cliente e fazer o login com o novo nome de usuário e senha.

Reinicie ou reinstale sua VPN

Talvez, erros do cliente estejam impedindo que você estabeleça uma conexão bem-sucedida com um servidor. Se for o caso, é só reiniciar o cliente e tentar novamente.

Se isso não funcionar, desinstale a VPN do seu sistema, baixe os arquivos de instalação e instale o cliente novamente. Lembre-se de instalar a versão mais recente.

Use uma porta ou protocolo diferente

Pode ser que o protocolo de VPN que você esteja usando não funcione para você – talvez por causa do provedor da VPN ou das configurações de sua rede.

Se você suspeitar que esse é o problema, é só usar um protocolo de VPN diferente.

Ao mesmo tempo, experimente usar uma porta de rede diferente para se conectar ao servidor da VPN, já que a rede que você está usando ou seu provedor podem bloquear o tráfego na porta que você esteja usando atualmente. 

Confira se o servidor da VPN não caiu

Se você tem acesso à internet, o servidor VPN ao qual você está tentando se conectar pode ter caído ou pode estar sobrecarregado. Isso tende a acontecer muito se você usa VPNs gratuitas.

Como conferir?

Bem, isso depende de como a VPN torna essa informação disponível para você. Você pode perguntar a eles através de uma redes social, ou pode conferir através do cliente de VPN.Se você é um usuário da CactusVPN, é só se logar em sua conta, ir para Serviços, clicar em Gerenciar, e você verá uma lista inteira de servidores VPN detalhando se há algum problema.

CactusVPN Servers Status

Se o servidor que você estiver tentando usar está apresentando problemas, é só se conectar a um diferente, esperar até o provedor VPN consertar o problema ou – a melhor opção – contactar a equipe de suporte do provedor.

Reinicie/Reinstale ou atualize seu navegador

Você só deve fazer isso se estiver usando uma extensão da VPN para um navegador específico. Às vezes, elas não funcionarão corretamente se você tem uma versão mais antiga do navegador, ou se seu navegador estiver com erros internos que você pode resolver ao reiniciar ou reinstalá-lo.  

Confira seu roteador

Às vezes, você pode não conseguir se conectar a uma VPN por causa de seu roteador – especificamente por causa do recurso Passthrough do seu roteador.

Se quiser saber mais sobre o Passthrough e VPNs, confira este artigo.

Mas a ideia principal é esta: se você não habilitar o Passthrough para protocolos de VPN específicos (PPTP, IPSec e L2TP), o tráfego da VPN não poderá passar pelo seu roteador, resultando em tentativas de conexão mal-sucedidas.

Normalmente, você precisa acessar a conta do administrador em seu roteador (os detalhes de login geralmente estão no próprio roteador ou no manual), e conferir a configuração do Passthrough.

Tenha em mente também que nem todos os roteadores dão suporte a recursos do Passthrough.

Além disso, você precisa garantir que encaminhou e abriu as portas certas em seu roteador. Por exemplo, se você não encaminhou o UDP porta 500, e fechou os protocolos 50 ESP e 51 AH, conexões VPN IPSec (como o IPSec, L2TP/IPSec e IKEv2) não vão rodar, então, você não poderá se conectar ao servidor VPN usando esses protocolos.

4. Você é desconectado com frequência? Confira o que fazer

Você conseguiu se conectar ao servidor, finalmente protegeu seus dados e agora pode desbloquear qualquer conteúdo que quiser.  

Mas sua conexão continua caindo, evitando que você aproveite o serviço.

Se você está lidando com isso, confira o que pode tentar:

Ajuste as configurações do seu firewall

Frequentemente, firewalls interferem com o tráfego da VPN, ao ponto de encerrarem-na completamente. Portanto, confira se seu firewall está configurado para bloquear pacotes de dados da VPN. 

Se for esse o caso, não desligue o firewall, pois ele ainda é uma importante medida de segurança. Ao invés, adicione exceções de entrada e saída para a VPN que você está usando. Assim, o firewall não deve interferir com nenhum tráfego da VPN. 

Além disso, o mesmo conselho vale para seu programa antivírus/antimalware.

Use um protocolo de VPN mais leve

Se você estiver usando um protocolo como o OpenVPN, que utiliza muitos recursos, sua conexão pode cair – sobretudo se sua CPU não puder lidar com a criptografia. 

Antes de escolher um protocolo diferente, você pode tentar usar o OpenVPN sobre o UDP. Mas se o problema persistir, experimente outros protocolos, como o SoftEther, L2TP/IPSec ou o IKEv2.

O PPTP também é uma opção, mas por favor, tenha em mente que não é seguro de jeito nenhum.

Acesse a internet através do cabo

Às vezes, sua VPN pode cair se você estiver usando o Wi-Fi ao invés do cabo. Isso não acontece com muita frequência, mas você pode encontrar pessoas online dizendo que conseguiram resolver problemas da VPN usando o cabo Ethernet ao invés do Wi-Fi.

Você pode encontrar esse problema se usa vários roteadores em diferentes aparelhos, ou se conecta um outro roteador ao fornecido pelo seu provedor. 

Se usar o cabo não for possível, confira a documentação do seu roteador para ver como você pode habilitar o modo ponte entre todos os seus roteadores.

Use um servidor DNS diferente

Alguns problemas da conexão VPN podem ocorrer porque o servidor DNS do provedor da VPN está passando por problemas. Você pode resolver isso facilmente apenas usando um servidor DNS diferente.

Mudar o servidor DNS pode ser um pouco complicado ou simples – tudo depende de como o provedor da VPN lida com isso. Só tenha em mente que usar um servidor DNS diferente pode aumentar o risco de vazamentos de DNS, apesar de não ser garantido que isso vai acontecer.

Se você usa a CactusVPN, pode facilmente escolher um servidor DNS diferente logo a partir do cliente. É só acessar Configurações e escolher qual servidor DNS você quer usar – CactusVPN DNS, OpenDNS ou o Google Public DNS.

E não se preocupe com vazamentos de DNS – nós oferecemos uma excelente proteção contra esse tipo de problema.

Use um servidor mais próximo de você

Se o provedor da VPN está em um continente diferente ou algo assim, provavelmente você terá velocidades lentas. Mas, às vezes, sua conexão também pode cair por causa da distância.

Então, tente se conectar a um servidor VPN que esteja mais perto do seu país para ver se isso resolve o problema.

Se tudo o mais falhar

Se nenhuma das dicas para a solução de problemas neste artigo funcionar para você, o melhor é contactar a equipe de suporte da empresa responsável pela sua VPN.

Com a CactusVPN, tudo o que você precisa fazer é se logar em sua conta e abrir um ticket. Oferecemos suporte 24h por dia, 7 dias por semana, então, resolveremos seu problema o mais rápido que pudermos.

Procurando por uma VPN segura?

Não precisa se preocupar mais com isso se você usa a CactusVPN. Oferecemos uma VPN com criptografia de nível militar, e servidores de alta velocidade que também oferecem banda larga ilimitada.

Também oferecemos proteção contra o vazamento de DNS, um Kill Switch, e uma política sem registros garantida.

CactusVPN

Oferta especial! Obtenha o CactusVPN por $ 2.7 / mês!

E assim que você se tornar um cliente CactusVPN, ainda teremos sua garantia de devolução do dinheiro por 30 dias.

Economize 72% agora

Conclusão

A VPN não está funcionando?

Pode ser devido a vários fatores: a velocidade da sua conexão é lenta, você não pode se conectar ao servidor, sua conexão fica caindo, ou o programa da VPN trava continuamente.

Seja qual for o caso, existem várias dicas para a resolução de problemas que você pode tentar. Esta é uma visão geral:

Velocidades lentas da VPN

  • Utilize um servidor mais perto de você.
  • Use um protocolo que exija menos recursos (IKEv2, SoftEther, L2TP/IPSec).
  • Use o OpenVPN sobre UDP, não o TCP.
  • Mude as portas da rede.
  • Confira se seu programa de segurança não está afetando as velocidades da VPN.
  • Escolha um provedor de VPN mais rápido.

VPN travando

  • Atualize o cliente da VPN
  • Reinicie seu aparelho
  • Feche programas adicionais que você não esteja usando
  • Reinstale a VPN

VPN não conecta

  • Confira se você está conectado à internet.
  • Confira se suas credenciais de login estão corretas.
  • Reinicie ou reinstale sua VPN.
  • Use um protocolo de VPN mais rápido ou uma porta de rede diferente.
  • Confira se o servidor VPN está funcionando bem. 
  • Reinicie, reinstale ou atualize seu navegador se você estiver usando uma extensão. 
  • Assegure que seu roteador tenha as portas certas abertas e encaminhadas, e que o Passthrough esteja habilitado.

Quedas na conexão da VPN

  • Adicione exceções para a VPN no seu firewall e programa antivírus/antimalware.
  • Use um protocolo de VPN mais leve ao invés de um que utiliza muitos recursos, como o OpenVPN.
  • Conecte-se à web via cabo ou habilite o modo ponte, se estiver usando vários roteadores.
  • Utilize um servidor DNS diferente.
  • Use um servidor VPN que esteja fisicamente mais próximo de sua localização.
Postado em em VPN
Tim escreve profissionalmente há mais de quatro anos e produz conteúdo específico sobre VPN, privacidade online e cibersegurança há mais de dois anos. Ele gosta de saber as últimas novidades sobre privacidade na internet, e de ajudar as pessoas a encontrarem novas formas de proteger seus direitos online.